Como links internos podem melhorar a experiência no seu blog?

Links internos são os links encontrados no meio de algum artigo que direcionam o leitor para outras páginas dentro daquele blog/site.

Mas por que criar esses links internos é importante? No que eles podem beneficiar seu site? Temos alguns bons motivos para linkar internamente seu conteúdo dentro do site. Alguns deles são:

Oferecer conteúdo profundo e fidelizar o visitante

Imagine que o visitante está lendo um artigo sobre SEO, no meio do texto ele se depara com o seguinte trecho: “É importante configurar o SEO no seu WordPress, explicamos como fazer isso neste artigo do blog”. Ao clicar em “neste artigo“, ele será redirecionado para o texto em questão. Dessa forma, o link oferece a opção de o visitante aprofundar-se no conteúdo ou mesmo esclarecer alguma dúvida antes de prosseguir com o artigo que está lendo. Por consequência, otimiza a experiência de navegação e incentiva o usuário a fidelizar-se ao site, uma vez que ele sabe que será fácil encontrar conteúdo relevante e informações complementares relacionadas a ele.

Reaproveitar conteúdos antigos

Ao criar um link, você pode direcioná-lo para qualquer página, (tenha em mente que o contexto é extremamente importante, não crie links desnecessários, pense no que seria relevante para o usuário). Nesse sentido, você pode aproveitar artigos e conteúdos antigos e reativá-los em seu site. Pense naquele artigo que nunca “envelhece”, que é sempre atual, você pode criar um link direcionado para ele e aumentar as visitas em uma página que estava esquecida sem muito esforço.

Aumentar o número de páginas vistas e reduzir a taxa de rejeição

Quando um visitante está lendo sobre um determinado tema e chega ao final do artigo, se ele não tiver mais para onde seguir, provavelmente fechará seu site e voltará às ferramentas de busca para conseguir mais informações. Mas se você conseguir criar links relevantes e ligados a um bom conteúdo, ele não precisará sair de seu site. O visitante vai explorar seu domínio, aumentando o número de páginas vistas e o tempo de navegação e, ainda, reduzindo a taxa de rejeição.

Otimizar SEO

Ao clicar em um link interno o visitante indica que está navegando pelo site, isso gera credibilidade e aumenta a relevância de sua página diante das ferramentas de busca. Por isso, links internos são importantes para as estratégias de SEO.

Criar links internos é garantir a otimização da experiência do visitante enquanto ele navega pelo conteúdo de seu site.

Banner retargeting: o que é e como utilizar em suas campanhas

O que é banner retargeting?

Você pode não conhecer o termo, mas com certeza já foi impactado por ele. Imagine que fez a busca por uma camiseta de determinada marca de roupas esportivas, ao navegar em outros sites, você começa a ver banners de anúncios da mesma camiseta ou de produtos semelhantes da mesma marca. Isso é o retargeting.

Como funciona?

O retargeting funciona da seguinte forma: Quando o usuário faz uma busca ou entra em um site e clica em um anúncio, um cookie é armazenado em seu computador, identificando as palavras-chave relacionadas ao produto/serviço buscado, o que possibilita que o banner identifique o usuário e exiba anúncios selecionados baseados na sua navegação.

Essa ação aumenta as chances de conversão, pois mantém o usuário ‘próximo’ do produto ou serviço que deseja. Segundo dados do Google Adwords, 97% dos visitantes não convertem na primeira visita, portanto, trabalhar com retargeting, garante que sua marca ficará na mente do visitante enquanto ele pensa e no momento em que resolve efetuar a compra.

A Lomadee oferece um aplicativo de banner retargeting para seus publishers. São vários formatos de banners disponíveis. Utilize as informações de seu público-alvo para oferecer as melhores ofertas. Acesse agora seu painel de controle da Lomadee e explore essa ferramenta!

E-commerce X loja física: como melhorar a experiência do cliente?

Em todos os post do blog da Lomadee, na categoria e-commerce, falamos bastante sobre boas práticas para aprimorar a experiência do visitante em seu negócio on-line, mas para que essa experiência seja completa é preciso alinhar às ações da loja virtual e da física.

Vamos apresentar alguns pontos de atenção para garantir a sincronização do seu negócio tanto no espaço on-line como no off-line.

Treinamento da equipe

A equipe que atua nas lojas físicas deve estar bem familiarizada com o e-commerce da empresa. Quais opções e produtos são oferecidos? Como encontrar determinados produtos? Os colaboradores devem saber referenciar seu site para direcionar os clientes. Essa atitude é bem válida após alguma compra, pois o cliente poderá acompanhar as novidades e lançamentos pelo site e, também, quando o cliente não vai efetuar uma compra naquele momento, essa indicação pode impulsionar vendas futuras no site.

A equipe também deve ter acesso rápido ao e-commerce dentro da loja, no “on-line” o estoque é consideravelmente maior e mais variado, portanto, se o cliente não encontra um produto disponível na loja, ou não encontra na cor ou estilo específico, o representante comercial deve rapidamente buscar o produto e mostrar ao cliente que ele pode adquiri-lo no site da loja. Treine sua equipe para atuar em ambos os lados.

Direcionamento das mídias sociais

Apesar de ser uma ferramenta de marketing digital, as mídias sociais são excelentes plataformas para publicidade das lojas físicas. O conteúdo compartilhado deve ser variado, apresentando textos, fotos, vídeos, bem como abordar informações de ambas as lojas, como comunicados, ofertas de produtos, promoções, informações relevantes ao seu público, endereço on-line de outras mídias da empresa e localização das lojas. No Facebook, por exemplo, e possível selecionar usuário com base em dados demográficos para então direcionar anúncios para esse público de acordo com a localização geográfica de uma loja específica.

E-mail marketing e ações integradas

O e-mail marketing é uma ferramenta que proporciona um bom número de conversões para o e-commerce. Ele também pode ser muito útil para criar um relacionamento mais próximo com o cliente. Imagine que o cliente efetuou uma compra de produtos para cozinha ou de itens de jardinagem em sua loja física, no momento da compra o atendente oferece ao cliente uma cortesia da loja, um e-book com receitas de doces e salgados ou um e-book sobre como montar uma horta em casa, basta que ele deixe um e-mail e o brinde será enviado.

A ação, além de deixar o cliente feliz e ter um custo bem baixo, permite que você crie uma base de e-mails sem muito esforço. Dessa forma, fica mais fácil oferecer ao cliente a adesão da sua newsletter ou de seus e-mails marketing com ofertas exclusivas. Com base na experiência off-line é possível traçar o perfil do consumidor, que itens ele comprou na loja física, por exemplo, e enviar ofertas relacionadas.

Com essa base de e-mails, você também pode fortalecer seu relacionamento presencial, enviando convites de eventos de campanha para determinados clientes, como convidar 20 clientes top para um café da manhã de Dia das Mães.

É importante ter em mente que cada espaço tem suas peculiaridades no que se refere ao marketing, porém criar estratégias que conversem entre si garante que uma loja possa apoiar a outra, ampliando as oportunidades e o potencial do seu negócio. Em ambos os casos o objetivo é transformar visitantes em clientes.